Navegador Tor

WARNING: Do NOT follow random advice instructing you to edit your torrc! Doing so can allow an attacker to compromise your security and anonymity through malicious configuration of your torrc.

Tor uses a text file called torrc that contains configuration instructions for how Tor should behave. The default configuration should work fine for most Tor users (hence the warning above.)

To find your Tor Browser torrc, follow the instructions for your operating system below.

On Windows or Linux:

  • The torrc is in the Tor Browser Data directory at Browser/TorBrowser/Data/Tor inside your Tor Browser directory.

No macOS:

  • The torrc is in the Tor Browser Data directory at ~/Library/Application Support/TorBrowser-Data/Tor.
  • Observe que a pasta Biblioteca está oculta nas versões mais recentes do macOS. Para navegar para esta pasta no Finder, selecione "Ir para a pasta ..." no menu "Ir".
  • Then type "~/Library/Application Support/" in the window and click Go.

Close Tor Browser before you edit your torrc, otherwise Tor Browser may erase your modifications. Some options will have no effect as Tor Browser overrides them with command line options when it starts Tor.

Have a look at the sample torrc file for hints on common configurations. For other configuration options you can use, see the Tor manual page. Remember, all lines beginning with # in torrc are treated as comments and have no effect on Tor's configuration.

While the names may imply otherwise, 'Incognito mode' and 'private tabs' do not make you anonymous on the Internet. They erase all the information on your machine relating to the browsing session after they are closed, but have no measures in place to hide your activity or digital fingerprint online. This means that an observer can collect your traffic just as easily as any regular browser.

Tor Browser offers all the amnesic features of private tabs while also hiding the source IP, browsing habits and details about a device that can be used to fingerprint activity across the web, allowing for a truly private browsing session that's fully obfuscated from end-to-end.

For more information regarding the limitations of Incognito mode and private tabs, see Mozilla's article on Common Myths about Private Browsing.

Nós recomendamos fortemente contra a utilização do Tor em qualquer navegador que não seja o navegador Tor. Usando Tor com outro navegador pode deixar você vulnerável sem as proteções de privacidade do Navegador Tor.

O Navegador Tor pode, com certeza, ajudar pessoas a acessarem seu site em lugares onde ele é bloqueado. Na maioria das vezes, apenas fazendo o download do Navegador Tor e usando-o para navegar no site bloqueado tornará o seu acesso possível. Em lugares onde há censura forte, temos várias opções disponíveis para contorná-la, incluindo transportadores plugáveis.

Para mais informações, por favor, acesse o Manual do Navegador Tor, na seção Censura.

Algumas vezes websites bloquearão usuários do Tor porque eles não podem dizer a diferença entre a média de usuários Tor e tráfego automatizado. O meio com maior sucesso em fazer com que websites desbloqueie usuários Tor, é os usuários entrando em contato direto com os administradores do site. Algo deste tipo poderá até resolver:

"Oi! Eu tentei acessar seu site xyz.com enquanto estava usando o Navegador Tor e percebi que você não permite usuários Tor acessarem seu site. Eu insisto para você reconsiderar essa decisão; Tor é usado por pessoas de todo o mundo para proteger sua privacidade e lutar contra a censura. Bloqueando usuários do Tor, você está provavelmente bloqueando pessoas em países repressivos que querem usar uma internet livre, jornalistas e pesquisadores que querem proteger a si mesmos de descobertas, whistleblowers, ativistas, e qualquer pessoa que opte por escapar à vigilância invasiva de terceiros. Por favor, mantenha uma posição firme em favor da privacidade digital e liberdade na internet, e permita aos usuários do Tor acessarem xyz.com. Agradeço."

No caso de bancos, e de outros websites sensíveis, também é comum ver bloqueios baseados na localização geográfica (se um banco sabe que você geralmente acessa seus serviços de um país, e de repente está se conectando com um relé de saída em outro lugar no mundo, a sua conta pode ser bloqueada ou suspensa).

Se você não estiver conseguindo se conectar a um serviço onion, por favor veja Eu não consigo acessar X.onion

Certamente você pode utilizar outro navegador enquanto utiliza o navegador TOR. De qualquer maneira, você deveria saber que as propriedades de privacidade do Navegador Tor não estarão presentes em outros navegadores. Cuidado ao trocar o Tor por um navegador menos seguro, porque você pode acidentalmente utilizar este último para algo que você pretendia fazer utilizando o Tor.

You can set Proxy IP address, port, and authentication information in Tor Browser's Network Settings. If you're using Tor another way, check out the HTTPProxy and HTTPSProxy config options in the manual page, and modify your torrc file accordingly. You will need an HTTP proxy for doing GET requests to fetch the Tor directory, and you will need an HTTPS proxy for doing CONNECT requests to get to Tor relays. (It's fine if they're the same proxy.) Tor also recognizes the torrc options Socks4Proxy and Socks5Proxy.

Also, read up on the HTTPProxyAuthenticator and HTTPSProxyAuthenticator options if your proxy requires auth. We only support basic auth currently, but if you need NTLM authentication, you may find this post in the archives useful.

If your proxies only allow you to connect to certain ports, look at the entry on Firewalled clients for how to restrict what ports your Tor will try to access.

Sometimes, after you've used Gmail over Tor, Google presents a pop-up notification that your account may have been compromised. The notification window lists a series of IP addresses and locations throughout the world recently used to access your account.

In general, this is a false alarm: Google saw a bunch of logins from different places, as a result of running the service via Tor, and decided it was a good idea to confirm the account was being accessed by its rightful owner.

Even though this may be a byproduct of using the service via Tor, that doesn't mean you can entirely ignore the warning. It is probably a false positive, but it might not be since it is possible for someone to hijack your Google cookie.

Cookie hijacking is possible by either physical access to your computer or by watching your network traffic. In theory, only physical access should compromise your system because Gmail and similar services should only send the cookie over an SSL link. In practice, alas, it's way more complex than that.

And if somebody did steal your google cookie, they might end up logging in from unusual places (though of course they also might not). So the summary is that since you're using Tor Browser, this security measure that Google uses isn't so useful for you, because it's full of false positives. You'll have to use other approaches, like seeing if anything looks weird on the account, or looking at the timestamps for recent logins and wondering if you actually logged in at those times.

More recently, Gmail users can turn on 2-Step Verification on their accounts to add an extra layer of security.

This is a known and intermittent problem; it does not mean that Google considers Tor to be spyware.

When you use Tor, you are sending queries through exit relays that are also shared by thousands of other users. Tor users typically see this message when many Tor users are querying Google in a short period of time. Google interprets the high volume of traffic from a single IP address (the exit relay you happened to pick) as somebody trying to "crawl" their website, so it slows down traffic from that IP address for a short time.

An alternate explanation is that Google tries to detect certain kinds of spyware or viruses that send distinctive queries to Google Search. It notes the IP addresses from which those queries are received (not realizing that they are Tor exit relays), and tries to warn any connections coming from those IP addresses that recent queries indicate an infection.

To our knowledge, Google is not doing anything intentionally specifically to deter or block Tor use. The error message about an infected machine should clear up again after a short time.

Google uses "geolocation" to determine where in the world you are, so it can give you a personalized experience. This includes using the language it thinks you prefer, and it also includes giving you different results on your queries.

If you really want to see Google in English you can click the link that provides that. But we consider this a feature with Tor, not a bug --- the Internet is not flat, and it in fact does look different depending on where you are. This feature reminds people of this fact.

Note that Google search URLs take name/value pairs as arguments and one of those names is "hl". If you set "hl" to "en" then Google will return search results in English regardless of what Google server you have been sent to. On a query this looks like:

https://encrypted.google.com/search?q=online%20anonymity&hl=en

Another method is to simply use your country code for accessing Google. This can be google.be, google.de, google.us and so on.

Tor Browser is built using Firefox ESR, so errors regarding Firefox may occur. Por favor, tenha certeza que nenhuma outra instância do Navegador Tor esteja executando, e que você tenha extraído o Navegador Tor em uma localização onde o seu usuário tenha as permissões corretas. If you are running an anti-virus, please see My antivirus/malware protection is blocking me from accessing Tor Browser, it is common for anti-virus / anti-malware software to cause this type of issue.

Com o lançamento do Navegador Tor 6.0.6, nós mudamos para DuckDuckGo como mecanismo de busca primário. Por enquanto, Desconectar não teve acesso aos resultados de pesquisa do Google que usamos no Navegador Tor. Como o Disconnect é mais um mecanismo de meta busca que permite que os usuários escolham entre diferentes provedores de pesquisa, ele recorre à entrega de resultados de pesquisa do Bing que são basicamente inaceitáveis em termos de qualidade.

No Navegador Tor, cada novo domínio tem um circuito próprio. The Design and Implementation of Tor Browser document further explains the thinking behind this design.

O navegador Tor é uma versão modificada do Firefox, especialmente projetado para utilização com a rede Tor. Muito trabalho está sendo feito para fazer o Navegador Tor, incluindo o uso de correções extras para aumentar a privacidade e segurança. Enquanto é tecnicamente possível usar o Tor com outros navegadores, você pode se expor a ataques potenciais ou vazamento de informações, então nós fortemente desencorajamos isso. Learn more about the design of Tor Browser.

Às vezes, sites pesados ​​em JavaScript podem ter problemas funcionais em relação ao Navegador Tor. The simplest fix is to click on the Security icon (the small gray shield at the top-right of the screen), then click "Advanced Security Settings..." Definir sua segurança como "Padrão".

Quando você usa Tor, ninguém pode ver os sites que você visita. Porém, o seu provedor de serviços de Internet (ISP) ou administrador de rede podem ver que você está conectou-se à rede Tor, mas não conseguem saber o que você quando faz em seguida.

We want everyone to be able to enjoy Tor Browser in their own language. Tor Browser is now available in 30 different languages, and we are working to add more. Want to help us translate? Become a Tor translator!

You can also help us in testing the next languages we will release, by installing and testing Tor Browser Alpha releases.

Não recomendamos a execução de várias instâncias do Navegador Tor, e isso pode não funcionar como previsto em muitas plataformas.

Infelizmente, alguns sites entregam CAPTCHAs para usuários Tor, e nós não somos capazes de remover CAPTCHAs dos websites. A melhor coisa a fazer nesses casos é contactar os donos do website, e informar eles que seus CAPTCHAs estão impedindo usuários como você de usar seus serviços.

Nós configuramos NoScript para permitir JavaScript por padrão no Navegador Tor porque muitos websites não vão funcionar com o JavaScript desabilitado. A maioria dos usuários desistiria do Tor totalmente se desativássemos o JavaScript por padrão, pois isso causaria muitos problemas para eles. Por fim, queremos tornar o Navegador Tor o mais seguro possível e, ao mesmo tempo, torná-lo utilizável para a maioria das pessoas, então, por enquanto, isso significa deixar o JavaScript habilitado por padrão.

For users who want to have JavaScript disabled on all HTTP sites by default, we recommend changing your Tor Browser's "Security Level" option. This can be done by navigating the Security icon (the small gray shield at the top-right of the screen), then clicking "Advanced Security Settings...". The "Standard" level allows JavaScript, but the "Safer" and "Safest" levels both block JavaScript on HTTP sites.

Rodar o Navegador Tor não faz você agir como um relé na rede. Isso significa que seu computador não vai ser usado para rotear trafégo para outros. If you'd like to become a relay, please see our Tor Relay Guide.

Atualmente não há suporte para configurar o navegador Tor como seu navegador padrão. O Navegador Tor trabalha dura para isolar ele mesmo do restante do sistema, e os passos para fazer ele o navegador padrão são incertos. This means sometimes a website would load in the Tor Browser, and sometimes it would load in another browser. This type of behavior can be dangerous and break anonymity.

O Navegador Tor está atualmente disponível em Windows, Linux e macOS.

Existe uma versão do Navegador Tor para Android e The Guardian Project também fornece o aplicativo Orbot para rotear outros aplicativos no seu dispositivo Android pela rede Tor.

Ainda não existe uma versão oficial do Tor para iOS, embora recomendamos Navegador Onion.

Navegador Tor frequentemente faz sua conexão parecer que está vindo de diferentes partes do mundo. Alguns websites, como de bancos ou provedores de email, podem interpretar isso como um sinal que sua conta foi comprometida e bloquear você.

A melhor maneira de resolver isso é seguir os procedimentos recomendados no site para recuperação de contas, ou contactar os operadores e explicar a situação.

Você pode estár apto a evitar esse cenário se seu provedor oferecer autenticação 2 fatores, que é uma opção mais segura que reputação baseada em IP. Contate seu provedor e pergunte se eles oferecem 2FA.

O Navegador Tor impede que outras pessoas saibam quais sites você visita. Algumas entidades, como o seu provedor de serviços de Internet (ISP), podem ver que você está usando o Tor, mas elas não sabem para onde você está indo quando você o faz.

O Navegador Tor tem duas maneiras de mudar seu circuito de transmissão - "Nova Identidade" e "Novo Circuito Tor para este Site".

Ambas as opções estão localizadas no menu, porém você também pode acessar a opção "Novo Circuito" acima do menu de informações do site, na barra da URL.

Nova Identidade

Esta opção é útil se você quiser impedir que as suas atividades futuras no navegador sejam relacionadas à sua atividade anterior.

Selecionando isso, todas as abas e janelas vão fechar, toda informação privada como cookies e histórico de navegação vão ser apagadas, e serão usado novos circuitos Tor para todas conexões.

O Navegador Tor vai te alertar sobre a interrupção de toda a sua atividade e de seus downloads. Então, leve isso em conta antes de clicar em "Nova Identidade".

Tor Browser Menu

Novo Circuito Tor para esse Site

Essa opção é útil se o relé de saída que você está usando não puder conectar o website você quiser, ou não estiver carregando-o corretamente. Selecionando isso a aba atualmente-ativa ou janela vai ser recarregada sobre o novo circuito Tor.

Outras abas e janelas abertas do mesmo website usarão o novo circuito assim que eles forem recarregados.

Essa opção não apaga qualquer informação privada, não interrompe os links na sua atividade online, nem afeta suas conexões atuais com outros websites.

New Circuit for this Site

Please see the HTTPS Everywhere FAQ. If you believe this is a Tor Browser issue, please report it on our bug tracker.

Please see the NoScript FAQ. If you believe this is a Tor Browser issue, please report it on our bug tracker.

Please see the DuckDuckGo support portal. If you believe this is a Tor Browser issue, please report it on our bug tracker.

DuckDuckGo is the default search engine in Tor Browser. DuckDuckGo does not track its users nor does it store any data about user searches. Learn more about DuckDuckGo privacy policy.

Usar o Navegador Tor às vezes pode ser mais lento do que outros navegadores. The Tor network has over a million daily users, and just over 6000 relays to route all of their traffic, and the load on each server can sometimes cause latency. And, by design, your traffic is bouncing through volunteers' servers in various parts of the world, and some bottlenecks and network latency will always be present. You can help improve the speed of the network by running your own relay, or encouraging others to do so. For the much more in-depth answer, see Roger's blog post on the topic and Tor's Open Research Topics: 2018 edition about Network Performance. Dito isto, o Tor é muito mais rápido do que costumava ser e talvez você não note nenhuma diferença na velocidade em comparação a outros browsers.

Clique no botão "Copy Tor Log To Clipboard" que aparece na janela de diálogo quando o Navegador Tor está se conectando pela primeira vez a rede. If Tor Browser is already open, click on the Torbutton icon (the small gray onion at the top-right of the screen), then "Tor Network Settings", then "Copy Tor Log To Clipboard". Uma vez copiado o log, você poderá colá-lo em um editor de texto ou cliente de e-mail.

Um dos problemas mais comuns que causam erros de conexão no Navegador Tor é o relógio do sistema incorreto. Por favor certifique-se que o relógio e fuso horário do seu sistema estão configurados corretamente. Se isso não resolver o problema, consulte a página Solução de problemas no manual do Tor Browser.

Isso é o comportamento normal do Tor. O primeiro relé em seu circuito é chamado de "guardião" ou "guardião de entrada". É um relé rápido e estável que se mantém como o primeiro em seu circuito por 2-3 meses de forma a proteger contra um ataque conhecido de quebra de anonimato. O resto de seu circuito muda a cada novo site que você visita, e, em conjunto, esses relés proporcionam todas as proteções de privacidade do Tor. For more information on how guard relays work, see this blog post and paper on entry guards.

Você pode estar usando uma rede censurada, tente acessar utilizando nossas pontes. Algumas pontes são padrão no Navegador Tor e você pode usá-las escolhendo "configure" (e seguindo os passos) na janela do Tor Launcher que se abre quando você inicia o Navegador Tor pela primeira vez. Se você precisar de outras pontes, você pode obtê-las em nosso site Bridges. Para mais informações sobre pontes, consulte o Manual do Navegador Tor.

Desculpe, mas atualmente não há nenhum suporte oficial para rodar o Tor no *BSD. There is something called the TorBSD project, but their Tor Browser is not officially supported.

Se você rodar o Navegador Tor e outro navegador ao mesmo tempo, isso não afetará a performance ou propriedades de privacidade do Tor. Contudo, esteja ciente de que o seu outro navegador poderá não estar mantendo as suas atividades privadas, e que você pode se esquecer disso e acidentalmente usar esse navegador não-anônimo para fazer algo que você pretendia fazer no Tor.

Modificar o modo como o Tor cria os seus circuitos não é recomendado. You get the best security that Tor can provide when you leave the route selection to Tor; overriding the entry/exit nodes can compromise your anonymity. Caso o resultado desejado seja apenas a possibilidade de acesso a recursos somente disponíveis em um determinado país, você deve avaliar a possibilidade de usar uma VPN em vez do Tor. Por favor, observe que as VPNs não dispõem de idênticas propriedades de anonimato do Tor, mas ajudam a resolver certos problemas de limites à geolocalização.

Infelizmente, nós ainda não temos uma versão do Navegador Tor para Chrome OS. You could run Tor Browser for Android on Chrome OS. Note that by using Tor Mobile on Chrome OS, you will view the mobile (not desktop) versions of websites. However, because we have not audited the app in Chrome OS, we don't know if all the privacy features of Tor Browser for Android will work well.

É fortemente desaconselhado instalar novos add-ons no Navegador Tor, pois eles podem comprometer a sua privacidade e segurança.

A instalação de novos complementos pode afetar o Navegador Tor de maneiras imprevistas e potencialmente tornar sua impressão digital do Navegador Tor exclusiva. Se a sua cópia do Navegador Tor tiver uma impressão digital exclusiva, suas atividades de navegação poderão ser desanonimizadas e rastreadas, mesmo que você esteja usando o Navegador Tor.

Basicamente, as configurações e os recursos de cada navegador criam o que é chamado de "impressão digital do navegador". A maioria dos navegadores cria, inadvertidamente, uma impressão digital exclusiva para cada usuário, e ela pode ser rastreada na Internet. O Navegador Tor foi projetado especificamente para ter uma impressão digital quase idêntica (não somos perfeitos!) Entre os usuários. Isso significa que cada usuário do Navegador Tor se parece com qualquer outro usuário do Navegador Tor, dificultando o rastreamento de qualquer usuário individual.

Também há uma boa chance de um novo complemento aumentar a superfície de ataque do Navegador Tor. Isso pode permitir o vazamento de dados confidenciais ou um invasor infectar o Navegador Tor. O complemento em si pode até ser maliciosamente projetado para espionar você.

O Navegador Tor já vem com duas extensões instaladas — HTTPS Everywhere e NoScript — adicionar quaisquer outras extensões poderia te desanonimizar.

Deseja saber mais sobre as impressões digitais do navegador? Aqui está um artigo no The Tor Blog tudo sobre isso!

Apenas o tráfego do Tor Browser será redirecionado para a rede Tor. Quaisquer outros aplicativos em seu sistema (incluindo outros navegadores) não serão roteados através da rede Tor e, portanto, não estarão protegidos. Eles precisam ser configurados separadamente para utilizar o Tor. If you need to be sure that all traffic will go through the Tor network, take a look at the Tails live operating system which you can start on almost any computer from a USB stick or a DVD.

Flash is disabled in Tor Browser, and we recommend you to not enable it. Nós não consideramos o Flash um software seguro para uso em qualquer navegador — é um programa muito inseguro que pode facilmente comprometer sua privacidade ou infectá-lo com malware. Felizmente, a maioria dos websites, aparelhos e outros browsers estão abandonando o uso do Flash.

O arquivo que você baixou e rodou está solicitando um destino. Se você não lembra qual era este destino, provavelmente está na sua pasta de Downloads ou no Desktop.

A configuração padrão no instalador do Windows também cria um atalho para você na sua área de trabalho, embora esteja ciente de que você pode ter desmarcado acidentalmente a opção de criar um atalho.

Caso você não consiga encontrá-lo em uma dessas pastas, baixe-o novamente e preste atenção à caixa de diálogo que pede a seleção de um diretório para download. Selecione um diretório de que você consiga lembrar-se facilmente e, quando o download estiver finalizado, você verá uma pasta chamada "Tor Browser" nesse local.

A maioria dos antivírus ou proteção contra malwares permitem que seus usuários dêem autorização a processos que normalmente seriam bloqueados. Por favor, abra seu software antivírus ou antimalware e procure nas configurações por uma "lista branca" ou algo semelhante. Em seguida, exclua os seguintes processos:

  • Para Windows
    • firefox.exe
    • tor.exe
    • obfs4proxy.exe (caso você use conexões de ponte)
  • Para macOS
    • Tor Browser
    • tor.real
    • obfs4proxy (caso você use conexões de ponte)

Finalmente, reinicie o navegador TOR. Isto deve resolver os problemas que você está encontrando. Observe que alguns clientes de antivírus, como o Kaspersky, também podem estar bloqueando o Tor no nível do firewall.

Sempre que lançamos uma nova versão estável do Tor Browser, escrevemos uma postagem no blog que detalha seus novos recursos e problemas conhecidos. Se você começou a ter problemas com seu Navegador Tor após uma atualização, confira blog.torproject.org para uma publicação no mais recente navegador Tor estável para ver se o seu problema está listado. If your issue is not listed, please file a bug report about what you're experiencing.

Tor Browser in its default mode is starting with a content window rounded to a multiple of 200px x 100px to prevent fingerprinting the screen dimensions. The strategy here is to put all users in a couple of buckets to make it harder to single them out. That works so far until users start to resize their windows (e.g. by maximizing them or going into fullscreen mode). Tor Browser 9 ships with a fingerprinting defense for those scenarios as well, which is called Letterboxing), a technique developed by Mozilla and presented earlier this year. It works by adding white margins to a browser window so that the window is as close as possible to the desired size while users are still in a couple of screen size buckets that prevent singling them out with the help of screen dimensions.

In simple words, this technique makes groups of users of certain screen sizes and this makes it harder to single out users on basis of screen size, as many users will have same screen size.

Assinatura digital é um processo que certifica que um determinado pacote foi gerado pelas pessoas que o desenvolveram e que não sofreram nenhuma alteração. Abaixo nós explicamos por que é importante e como verificar que o software Tor que você baixou é aquele que nós criamos e que ele não foi alterado em um ataque.

Cada arquivo em nossa página de download é acompanhado por um arquivo de mesmo nome de pacote e a extensão ".asc", que são assinaturas OpenPGP. Eles permitem que você verifique se o documento baixado é exatamente aquele que pretendíamos que você baixasse.

For example, torbrowser-install-win64-9.0_en-US.exe is accompanied by torbrowser-install-win64-9.0_en-US.exe.asc.

Agora vamos lhe mostrar como você pode verificar a assinatura digital de cada documento baixado em vários sistemas operacionais. Por favor, lembre que a assinatura é datada do momento em que o pacote foi assinado. Assim, todas as vezes que um novo documento for carregado, uma nova assinatura é gerada com a nova data. Se você tiver verificado a assinatura, não se preocupe com a mudança das datas.

Installing GnuPG

Primeiro de tudo você precisa ter o GnuPG instalado antes de verificar as assinaturas.

For Windows users:

If you run Windows, download Gpg4win and run its installer.

Para verificar a assinatura, você precisará digitar alguns comandos na linha de comando do Windows, cmd.exe.

Para usuários do macOS:

If you are using macOS, you can install GPGTools.

In order to verify the signature you will need to type a few commands in the Terminal (under "Applications").

For GNU/Linux users:

If you are using GNU/Linux, then you probably already have GnuPG in your system, as most GNU/Linux distributions come with it preinstalled.

In order to verify the signature you will need to type a few commands in a terminal window. How to do this will vary depending on your distribution.

Fetching the Tor Developers key

A equipe do Tor Browser assina os lançamentos do Tor Browser. Import the Tor Browser Developers signing key (0xEF6E286DDA85EA2A4BA7DE684E2C6E8793298290):

gpg --auto-key-locate nodefault,wkd --locate-keys torbrowser@torproject.org

This should show you something like:

gpg: key 4E2C6E8793298290: public key "Tor Browser Developers (signing key) <torbrowser@torproject.org>" imported
gpg: Total number processed: 1
gpg:               imported: 1
pub   rsa4096 2014-12-15 [C] [expires: 2020-08-24]
      EF6E286DDA85EA2A4BA7DE684E2C6E8793298290
uid           [ unknown] Tor Browser Developers (signing key) <torbrowser@torproject.org>
sub   rsa4096 2018-05-26 [S] [expires: 2020-09-12]

After importing the key, you can save it to a file (identifying it by fingerprint here):

gpg --output ./tor.keyring --export 0xEF6E286DDA85EA2A4BA7DE684E2C6E8793298290

Verifying the signature

To verify the signature of the package you downloaded, you will need to download the corresponding ".asc" signature file as well as the installer file itself, and verify it with a command that asks GnuPG to verify the file that you downloaded.

The examples below assume that you downloaded these two files to your "Downloads" folder.

For Windows users:

gpgv --keyring .\tor.keyring Downloads\torbrowser-install-win64-9.0_en-US.exe.asc Downloads\torbrowser-install-win64-9.0_en-US.exe

Para usuários do macOS:

gpgv --keyring ./tor.keyring ~/Downloads/TorBrowser-9.0-osx64_en-US.dmg{.asc,}

For GNU/Linux users (change 64 to 32 if you have the 32-bit package):

gpgv --keyring ./tor.keyring ~/Downloads/tor-browser-linux64-9.0_en-US.tar.xz{.asc,}

The result of the command should produce something like this:

gpgv: Signature made 07/08/19 04:03:49 Pacific Daylight Time
gpgv:                using RSA key EB774491D9FF06E2
gpgv: Good signature from "Tor Browser Developers (signing key) <torbrowser@torproject.org>"

Workaround (using a public key)

If you encounter errors you cannot fix, feel free to download and use this public key instead. Alternatively, you may use the following command:

curl -s https://openpgpkey.torproject.org/.well-known/openpgpkey/torproject.org/hu/kounek7zrdx745qydx6p59t9mqjpuhdf |gpg --import -

You may also want to learn more about GnuPG.